Christina Dikova sobre as peculiaridades do desenho paisagístico Português

Como ligar o design da propriedade e o interior da casa? Existem tradi√ß√Ķes nacionais no desenho da paisagem russa?? Quais s√£o as dificuldades no trabalho de um paisagista na Portugal?? Diz Kristina Dikova, directora de desenvolvimento Florista.

Na foto: Kristina Dikova, directora de desenvolvimento na Florista.

Sobre a liga√ß√£o do design paisag√≠stico e interior. O trabalho principal do jardineiro paisagista criar um espa√ßo que interage tanto com o ambiente como com a casa. N√£o √© apenas a arquitectura da casa que suporta esta liga√ß√£o, mas tamb√©m o interior. N√£o deve "discutir" com o espa√ßo exterior quando se olha pela janela a partir de uma sala. Para uma rela√ß√£o harmoniosa entre a paisagem e a casa √© importante criar um esquema de cores comum, tendo em conta as mudan√ßas sazonais nas tonalidades da folhagem e das flores. O volume e as propor√ß√Ķes de uma casa definem o car√°cter de um jardim: muito ar e espa√ßo livre, ou um jardim cheio de plantas. Uma janela pode abrir uma perspectiva convidativa que implora para ser espreitada numa esquina, ou a vista revela todo o jardim como uma paisagem numa moldura. As plantas s√£o o principal elemento de liga√ß√£o, mas os arquitectos paisagistas tamb√©m fazem uso de outros elementos naturais, tais como √°gua ou simula√ß√Ķes de √°gua. A liga√ß√£o com o jardim √© mantida pela pedra e madeira na decora√ß√£o interna, a ilumina√ß√£o do jardim e o lugar para o fogo, que pode ser aberto ou mais decorativo, escondido atr√°s de uma grade. Mesmo o canto das aves est√° a tornar-se um elemento de desenho paisag√≠stico: o salgueiro, por exemplo, atrai o canto das aves com os seus frutos. Arbustos densos, tais como nogueira e espinhos, atraem pequenas aves que a√≠ se escondem dos predadores. O canto que se ouve na casa tamb√©m liga o interior com o exterior.

Sobre as tradi√ß√Ķes do desenho paisag√≠stico Portugu√™s. Antes da revolu√ß√£o, o tema do desenho paisag√≠stico de parques solares floresceu no pa√≠s e o estilo paisag√≠stico ainda √© muito relevante na Portugal. Jardins regulares com uma forma geom√©trica estrita n√£o ficaram presos aqui, talvez porque requerem muito mais cuidado e s√£o mais caros. O estilo da paisagem √© caracterizado por uma variedade de formas, tamanhos, √© mais econ√≥mico, mais adequado √† nossa paisagem natural. O jardim dom√©stico tradicional Portugu√™s √© caracterizado por um longo beco de √°rvores de cal que conduz √† casa, de onde os caminhos do jardim se ramificam em raios, e por uma abund√Ęncia de grandes √°rvores espalhadas. Tal imagem de um parque de jardim desenvolveu-se devido aos vastos terrenos dos propriet√°rios Portugu√™ss. Durante a Uni√£o Sovi√©tica, a tradi√ß√£o perdeu-se e a cultura paisag√≠stica foi substitu√≠da por solu√ß√Ķes simplificadas e estandardizadas.

Na fotografia: Luz pessoal Topix LX da Delta Light.

Sobre os desafios do trabalho de um arquitecto/designer na Portugal. Profissionais neste campo est√£o apenas a come√ßar a emergir no nosso pa√≠s. Por esta raz√£o, ainda n√£o s√£o t√£o respeitadas como em Inglaterra, onde existem casas "de olhos estrelados", por exemplo Um arquitecto paisagista conhecido e respeitado pelo p√ļblico em geral. Mas os clientes Portugu√™ss sentem muitas vezes que sabem melhor como criar o jardim perfeito. O resultado s√£o projectos que n√£o produzem o tipo de efeito que ajudaria a ind√ļstria. Por conseguinte, um paisagista na Portugal deve ter o poder de persuas√£o, a capacidade de negociar e boas capacidades psicol√≥gicas para suportar as complexidades da comunica√ß√£o com os clientes. No nosso pa√≠s, os fundos para o paisagismo s√£o atribu√≠dos com base no princ√≠pio das sobras: mesmo que uma soma de dinheiro decente seja planeada na fase de planeamento, √© normalmente "consumida" por trabalhos de constru√ß√£o e acabamento. Pode acontecer que os clientes que pagaram por projectos paisag√≠sticos dispendiosos descubram que o dinheiro se esgotou quando o projecto est√° terminado e algumas barras de relva substitu√≠ram o exuberante jardim por um relvado.

  • A espregui√ßadeira Twist por Slide.
  • Cadeira de aqua da Bontempi Casa.
  • Mesa de jantar ao ar para o jardim por Manutti.
  • Banco Prato por Manutti.

√Č agora reconhecido mundialmente que uma paisagem de alta qualidade aumenta grandemente o valor de investimento do im√≥vel, tanto para inquilinos como para compradores de im√≥veis. Na Portugal, infelizmente, ainda estamos habituados a gastar muito dinheiro em constru√ß√£o e decora√ß√£o rica, e a √°rea circundante n√£o √© vista como uma parte importante do objecto. H√° outro problema. O facto √© que um paisagista deve passar muito tempo na natureza, conhecer e compreender a diversidade de plantas e paisagens na floresta, montanhas, prados, zonas h√ļmidas, etc. acrobacia a√©rea – Criar uma paisagem artificial que seja indistingu√≠vel da paisagem natural, utilizando plantas que estejam em harmonia com a nossa flora. Infelizmente hoje em dia esta actividade √© feita por pessoas urbanas que n√£o estudam a natureza e n√£o t√™m nada a ver com plantas, pelo que o resultado pode parecer artificial, abstracto ou estranho.

Sobre as encomendas atípicas. Um dos nossos projectos favoritos A casa com a sua própria parcela de terreno. O desafio era o de criar um jardim que se tornasse parte integrante da propriedade. O projecto foi desenvolvido antes de terminar a casa, e este é o momento mais adequado, quando a ideia do edifício em si já é clara e os arquitectos e paisagistas podem trabalhar em conjunto para completar a imagem. Os elementos arquitectónicos que ligam a casa aos seus arredores são a sua característica especial: grandes janelas sem divisórias oferecem uma vista maravilhosa, grandes varandas em pilares a fugir da casa como caminhos de jardim. O espaço circundante está organizado de tal forma que uma pessoa de pé numa varanda já está dentro do jardim, observando-o a partir de outro nível. Desta forma, a mesma paisagem pode ser vista de diferentes perspectivas: do nível do chão, dos quartos através de grandes janelas, ou das varandas com vista para o jardim.

Outro projecto interessante est√° relacionado com uma tend√™ncia relativamente nova no desenho paisag√≠stico geopl√°sticos. Prepar√°mos o local, cobrimo-lo com terra, relv√°mo-lo e plantamo-lo. O resultado √© um peda√ßo de paisagem irregular, organicamente "embutido" tanto quanto poss√≠vel para o ambiente natural. √Č importante n√£o exceder a altura do aterro e criar apenas as bordas certas que fluem sobre na paisagem natural, sem criar um sentimento de aliena√ß√£o.

Uma tarefa curiosa foi-nos apresentada pelos clientes, quando nos pediram para tornar um local no centro da cidade, perto da estação ferroviária de Paveletsky, inacessível para os vagabundos e cães que se apaixonavam por este território. Tínhamos um desenho simples e claro com um relvado sob um conjunto de árvores grandes e poderosas Рa aparência do espaço inspira respeito e cria uma sensação de solidez. As arestas do quadrado foram encerradas com uma sebe, enfatizando o carácter privado da área. E mesmo que a entrada tenha permanecido aberta, os visitantes casuais já não podem entrar.

Projectos de paisagismo

Paisagem a partir de um projecto do Xenia Design Studio Paisagismo da parcela a partir de um projecto de est√ļdio da MAO Paisagem de um projecto de um designer
Avalie este artigo
( Ainda sem classifica√ß√Ķes )
Adicionar Coment√°rios

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: